ACT Petrobrás

11 Comentários

  1. Arnaldo says:

    ref. à base Petrobras Santos – SINDIPETRO LP:

    onde está o ACT 2011/2013?
    já foi assinado?
    já foi registrado junto ao MTE?

    em caso positivo, por que ainda não foi publicado?
    senão, o que estão esperando?

    grato.

    Responder
  2. gabriele says:

    cade o acordo coetivo 2012-2013 da br distribuidora que não foi publicado ,qual foi os ganhos que tivemos?

    Responder
  3. celso says:

    Gostaria de saber do úLtimo ACT assinado e o que foi registrado sobre a PLR que entra ano e sai ano nunca se sabe de FATO quando irá se receber.

    Responder
  4. celso says:

    Porque a FNP não sai na frente da FUP e levanta a bandeira da melhoria de salário para os empregados da PETROBRAS e abondona essa briga anual e semestral pela PLR. Temos que lutar por salário e não por PLR…A FUP não vai levantar essa bandeira. A FUP = CUT = PT = GOVERNO = PETROBRAS.
    Alguém tem que ser oposição a HUNANIMIDADE é BURRA!!!!

    Responder
  5. EDUARDO CESAR says:

    Como o colega Adriano acima e outros passei pelos exames psicológicos e psicotécnicos no mínimo obscuros e não transparente a fim de ser contratado e admitido pela PETROBRÁS, sem saber quais os critérios usados, por fim não fui convocado até o último dia da validade do concurso dia 24/06/2013. Talvez pessoas possam não ter sido contratadas devido a este exame e até agora não saibam o motivo. Não sei se entraria na pauta mas é importante verificar, pedirem transparência, para terem o controle desta situação, pois é a forma democrática e pública de ingresso na empresa que interessa a todos, e com certeza uma luta sindical, que já é a dos MPTs do BRASIL para a moralização e dar um basta as precarizações nos contratos que se realiza, substituindo de forma gradativa, transparente e constante conforme determinações jurídicas e do TCU os terceirizados pondo apenas concursados nas atividades fim e essencial para o funcionamento da empresa.

    Justiça do Trabalho condena Petrobras a pagar R$ 2 mi por dano moral coletivo

    Responder
    • LEANDRO ALVES DA SILVA says:

      Eduardo Cesar, também já passei por essa situação. Realmente falta transparência em todos os concursos realizados. Já fiz concurso – Inmetro – com prova de título para nível médio onde tempo na atividade valia mais pontos que doutorado, tendenciosamente estabelecido para que as vagas ficassem com o pessoal de lá mesmo. Acho que devemos cobrar de nossos legisladores. Não faltam exemplos de histórias como as nossas e ninguém comenta.

      Responder
  6. Douglas Medeiros says:

    Gostaria de saber se vocês do sindicato tem alguma informação sobre a quantidade de pessoas que precisa na área operacional em Brasília, pois eu fiz o concurso da BR distribuidora e fiquei em 3° lugar para técnico operacional júnior. Por favor me ajudem com essa questão.

    Responder
  7. marcos aurelio dos santos says:

    Porque a FUP para os nao levanta a bandeira para os nossos PDVISTAS,os mesmo foram iludidos pelo golpe do PDV,saiu sem estar no acordo coletivo e nao tiveram o demissional,Muitos sindicatos de outras empresas estao nessa luta,so falta a FUP precionar a petrobras para o retorno dos nossos PDVISTA.

    Responder
  8. adão m oliveira says:

    acho que a FNP tem também que correr atrás de melhorias nas pensões dos aposentados.sinto até vergonha em dizer que sou aposentado da maior empresa do país, ganhando a miseria que ganho.sou repactuado da petros e até hoje não vi cor de abono e nem mesmo melhorias outras.A FNP também poderia questionar por que aposentados não podem incluir esposas(de casamento após aposentar-se) para efeito de pensão mesmo tendo contribuido por mais de 40 anos para a petros. se o aposentado ficar viuvo e se casar novamente, aquela contribuição não conta para pensionar a nova esposa.é cobrado um suporte a vista ou tem-se que contribuir vitaliciamente com um valor alto para quem ganha uma migalha como eu.e a PLR, deveria espirrar um pouquinho para os aposentados afinal nós plantamos a semente, cuidamos e agora n a verdade está produzindo frutos.

    Responder
  9. Eduardo Stroppa says:

    Peço, por gentileza, enviarem algumas ACTs de empresas terceirizadas da Petrobras para que eu possa conhecer as regras para prestar serviços na Petrobras e enquadrar minha empresa conforme acordos firmados.

    Minha empresa trabalha com montagens mecênicas e elétricas, caldeiraria e manutenção.

    Atenciosamente;

    Eduardo Stroppa

    Responder
  10. Sergio Anastacio Filho says:

    Prezados

    O que o aposentado sente falta, são das informações sobre o ACT, imagine que já estamos no final do ano e nenhum aposentado recebeu o boletim focando o resultado do ACT de 2014. Recebemos boletim com o mínimo de comentários de 1 ou 2 itens do acordo e nada mais. Afinal somos sindicalizados ainda, falamos de preconceitos da empresa sobre empregados, mas o sindicato esta fazendo o mesmo com o aposentados.

    Responder

Deixe um comentário