Conheça os integrantes da direção da FNP para o mandato 2016-2019

 

 

DIREÇÃO EXECUTIVA NACIONAL

Secretaria Geral

Adaedson Costa
(Sindipetro-LP)
Eduardo Henrique Soares da Costa
(Sindipetro-RJ)

Secretaria de Administração e Finanças

Agnelson Camilo
(Sindipetro-PA/AM/MA/AP)

Roberto de Castro Ribeiro
(Sindipetro-RJ)

Secretaria de Comunicação

Ivan Luiz de Andrade
(Sindipetro-RJ)

Rafael Prado
(Sindipetro-SJC)

Secretaria de Seguridade, Aposentados e Políticas Sociais

Alealdo Hilário
(Sindipetro-AL/SE)

Armando Munford
(Sindipetro-LP)

Secretaria de Política Sindical e Formação

Natália Russo Lopes
(Sindipetro-RJ)

José Roberto Azevedo
(Sindipetro-SJC)

Secretaria de Saúde, Segurança, Tecnologia e Meio Ambiente

Marcelo Juvenal
(Sindipetro-LP)

Luiz Mário Nogueira Dias
(Sindipetro-RJ)

Secretaria de Assuntos Jurídicos, Institucionais e Terceirizados

Clarckson Messias
(Sindipetro-AL/SE)

Eduardo Amaro
(Sindipetro-AL/SE)

Secretaria de Relações Internacionais e do Setor Privado Claiton Coffy
(Sindipetro-RJ)

Lourival Júnior
(Sindipetro-PA/AM/MA/AP)

SUPLENTES DA DIREÇÃO EXECUTIVA NACIONAL

Alessandro Alonso (Sindipetro-PA/AM/MA/AP) Bruno Dantas (Sindipetro-AL/SE)
João Paulo Pereira do Nascimento (Sindipetro-RJ)                        Edmilson Carmelito (Sindipetro-LP)
Edson Carvalho (Sindipetro-PA/AM/MA/AP) Fábio Loureiro (Sindipetro-LP)
                    Fábio Mello (Sindipetro-LP) Fabíola Mônica da C. Diniz Gonçalves (Sindipetro-RJ)
                  Sérgio de Oliveira Vieira Paes (Sindipetro-RJ) José Ademir da Silva (Sindipetro-SJC)
Gustavo Baptista Marun (Sindipetro-RJ)                         Júlio César Araújo (Sindipetro-SJC)
Vinícius Camargo Pereira da Costa (Sindipetro-RJ)                            Mario Cezar (Sindipetro-AL/SE)
Stoessel Chagas – Toeta (Sindipetro-AL/SE) Celso “Kafu” Alves (Sindipetro-RJ)

CONSELHO FISCAL

COMISSÃO DE ÉTICA
Eduardo Brito (Sindipetro-SJC)

Aurea Souza de Oliveira (Sindipetro-RJ)

Jorge Antonio Rosa (Sindipetro-RJ)

Elias dos Santos (Sindipetro-SJC)

Gildo Francisco (Sindipetro-AL/SE)

Justiniano Prado (Sindipetro-PA/AM/MA/AP)

Márcio André (Sindipetro-LP)

Péricles Andrade (Sindipetro-LP)

Raimundo da Silva (Sindipetro-PA/AM/MA/AP)

Vando Gomes (Sindipetro-AL/SE)

Um comentário

  1. MARIO FONTINELE says:

    GOSTARIA DE SABER QUAL A POSIÇÃO DA FNP SOBRE OS PETROLEIROS QUE NÃO REPACTUARAM QUANTO AS CARTAS ENVIADAS PELA EMPRESA RATIFICANDO A IMPOSIÇÃO DE ESTARMOS REPACTUADO A FORÇA. O QUE SERÁ FEITO UMA VEZ QUE TEMOS QUE NOS ANTECIPA COM MANDATO DE SEGURANÇA DIANTE DO DIREITO LÍQUIDO E CERTO QUANTO AO NOSSO CONTRATO. OUTRA QUESTÃO É A NA POSSIBILIDADE DE PERSEGUIÇÃO POR PARTE DA PETROS E PETROBRAS EM RELAÇÃO AOS COMPANHEIROS QUE NÃO REPACTUARAM, SABEMOS JÁ ESTÁ HAVENDO… OS PETROLEIROS COMO UM TODO NO PLANO COLOR SE DIVIDIRAM E PREJUDICARAM UMA SERIE DE COMPANHEIROS DEIXANDO OS QUE FICARAM PERANTE A SOCIEDADE DALI POR DIANTE COMO EMPREGADO DE EMPRESA QUE NÃO OFERECE SEGURAANÇA. EU PELO MENOS CONHEÇO BEM DE PERTO PESSOAS QUE DERAM TIRO NO OUVIDO, FOI O CASO DO VIANEZ(CAPATAZ) MESMO NÃO TENDO SIDO DEMITIDO E HOJE OFICIAL DE JUSTIÇA FEDERAL EM NATAL. E MUITOS OUTRO QUE MESMO FICANDO TIVERAM PROBLEMAS SERIO PSICOLOGICO. HOJE TEMOS UM CLIMA DE DESANIMO ORRIVEL LEVANDO MUITO PETROLEIROS A FAZEREM CONCURSO PARA OUTROS EMPREGOS POIS OQUE NOS ESPERA É TRISTE E SOMBRIO UMA VEZ QUE NINGUEM VAI QUERER SE FILIAR A UM PLANO QUE NÃO GARANTE O QUE SE PROPÕE QUALQUER PLANO DE PREVIDENCIA PRIVADA.SEM FALAR QUE QUANDO VAMOS PARA UM HOSPITAL AS PESSOAS ATÉ DE PEQUENAS EMPRESAS PRIVADAS FICAM BESTAS QUANDO FALAMOS QUE PAGAMOS UM PERCENTUAL NOS VALORES DAS CONSULTAS..E QUANTO AO TERMINO DO CONVENIO COM O INSS ESTÁ SE DANDO PELO FATO DE MUITOS APOSENTADOS SÓ RECEBER O TETO DO INSS SENDO PARA MUITO INVIAVEL FICAR NA PETROS, POIS A MESMA RETEM OS REAJUSTES E AINDA SEPARA PARTE DESTE VALOR COMO SE ELA TIVESSE PAGANDO TAMBÉM E NISSO APROVEITA E FAZ O DESCONTO PETROS. COMO A AÇÃO ESTA PARTINDO DO INSS A PETROS NÃO TERÁ MAIS QUE TOCAR EM NADA QUE É DO INSS E AINDA POR CIMA TERÁ QUE DAR CONTA DA DIFERENÇA QUE É DEVIDO AO FUNCIONARIO E PLANO DE SAUDE. PODEM ME DAR UMA OPNIÃO, POIS TENHO VISTO SÓ FALAREM EM PARTICIPAÇÃO DE LUCRO DESVIANDO OS PETROLEIROS DE UMA TRAMA QUE NINGUÉM ESTÁ PERCEBENDO QUE É O ESFACELAMENTO DA PETROBRAS EM PEQUENAS EMPRESAS REGIONAIS QUE SERAM ATRELADAS A GRUPOS INTERNACIONAIS TENDO EM SEUS QUADROS FUNCIONARIO DE BAIXISSIMAS REMUNERAÇÕES COMO JÁ ESTÁ OCORRENDO DIA APOS DIA…A QUEBRA DA UNIÃO DOS PETROLEIRO VAI LEVAR A IMPRESSA EM PESO CONTRA OS PETROLEIROS LEVANDO O COMERCIO EM PESO A NOS NEGAR CREDITO. O MAIOR IMPECÍLIO HOJE AO ESFACELAMENTO DA PETROBRAS ESTÁ SENDO A PETROS QUE UMA VEZ LUCRATIVA TORNA MAIS UMA OPIÇÃO A SER VENDIDA UMA VEZ QUE SEREMOS OBRIGADO NO PROXIMO PASSO A ACEITAR A VENDA, PARA EVITAR A FALENCIA, OU SEJA, É SER SINCERO QUE EM BREVE SERÁ LEVADO AOS PETROLEIRO UMA NOVA PROPOSTA OU A FALENCIA E TEREMOS QUE ACEITAR INEVITAVELMENTE, POIS FOMOS OBRIGADOS A ACEITAR UNILATERAMENTE O QUE ESTÁ POSTO. A PETROS NÃO É FRUTO DE UM CONTRATO E NÃO DE ACORDOS TRABALHISTAS E SE QUEREM NOS FAZER ENGOLIR QUE UM ACORDO TRABALHISTA TEM FORÇA DE LEI SOBRE UMA LEI MAIOR ISSO É DISCUTÍVEL, POIS AO ASSINARMOS UM CONTRATO QUE NOS DÁ UMA DIRETRIZ A SEGUIR E ESTE CONTRATO É QUEBRADO UMA SÉRIE DE FATORES TEM QUE SER LEVADOS EM CONTA, POIS SE ASSIM NÃO FOR ONDE FICA QUESTÕES COMO DIREITO ADQUIRIDO, COISA JULGADA E NEGOCIO JURIDICO PERFEITO UMA VEZ QUE MUITOS FIZERAM CONCURSO PARA EMPRESA IDEALIZANDO SONHOS E SEGURANÇA FUTURA, OU SEJA, PERDERAM TEMPO E DISPERDIÇARAM SEU FUTURO POIS ACREDITAVAM QUE ESTAVAM ENTRANDO EM NEGOCIO CONSOLIDADO E AGORA JOGAM NOSSOS SONHOS POR AGUA ABAIXO COMO SE NÃO SIGNIFICASSEMOS NADA!

    Responder

Deixe um comentário