Notícias

FNP participa do Fórum em Defesa da Categoria Petroleira, na Bahia

O evento objetivou esclarecer dúvidas sobre o equacionamento, ações judicias, debater propostas alternativas ao equacionamento déficit do PPSP, além discutir questões relacionadas a AMS

03/09/2018
FNP participa do Fórum em Defesa da Categoria Petroleira, na Bahia

A atividade aconteceu no último sábado (1/9), na Bahia e contou com a presença de diversas entidades. Estavam presentes na mesa de debates: Fenaspe, FNP e FUP.

Abertura do evento foi marcada por uma saudação das entidades: ABRASPET, AEPET-BA, ASTAP-BA, FENASPE, SINDIPETRO-BA, além de outras entidades presentes. Cerca de 400 pessoas participaram da atividade.

O evento iniciou com a fala de Marthius Sávio, assessor jurídico do Sindipetro-BA, que   discorreu sobre a Resolução 23 e as ameaças que a mesma representa.

Ele também fez uma análise conjuntural sobre o cenário político atual do país que, em sua opinião, “é totalmente comprometido com interesses contrários aos da classe trabalhadora, e visa medidas de precarização e retirada de direitos históricos, com drásticas consequências para todos”.

Em seguida, Paulo Brandão, diretor da APAPE e da AEPET, Conselheiro Fiscal da Petros, apresentou propostas que estão sendo estudadas pelo Fórum em Defesa dos Participantes da Petros, composto por Ambep, Aexap, Aepet, Fenaspe, FNP, GDPAPE e SINDMAR.

Marcos André, também conselheiro da Petros, foi enfático ao afirmar que “não concorda que os trabalhadores sejam ainda mais penalizados por erros pelos quais não têm responsabilidade”.

André também ressaltou que não concorda com “pagamento no escuro” e que somente depois de uma auditoria e exigência do pagamento das dívidas, se houver algum valor pertinente a ser equacionado, que seja feito. Seu principal enfoque foi a necessidade de gerir paritariamente a PETROS e que todos os gestores sejam participantes do fundo de pensão.

Durante o evento, representantes da FNP, Adaedson Costa e Agnelson Camilo, dividiram o tempo para falar sobre o PED, em que afirmaram que que o pagamento das dívidas é imprescindível.

Outros temas também foram debatidos, dentre eles: PCR, AMS e Acordo Coletivo.

Após às falações, o Fórum concedeu 1 minuto para cada participante do evento que quisesse fazer perguntas aos integrantes da mesa.

Veja a íntegra do evento, transmitido ao vivo, no dia:

A atividade foi uma iniciativa da FENASPE, juntamente com as Associações filiadas: ASTAPE-BA-AEPET-BA e a ABRASPET.

Tags pcr ppsp petros petrobrás fnp

Contato

Av. Passos, 34 - Centro
Rio de Janeiro/RJ
CEP 20051-040 Telefone: 21 2263-5147
fednacpetroleiros@gmail.com

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos