Notícias

Incêndio na RPBC nesta terça pode estar ligado à degradação das condições de segurança

Executivos empenhado ao máximo em economizar, acabam desprezando todas as outras condições que não aportem um lucro imediato, como a manutenção e a segurança

18/05/2022
Incêndio na RPBC nesta terça pode estar ligado à degradação das condições de segurança

Por volta as 15h50min desta terça-feira (17/05), o Sindipetro-LP, filiado à Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), recebeu um comunicado sobre um incêndio de grandes proporções na Refinaria Presidente Bernardes (RPBC), em Cubatão (SP), que foi controlado pela equipe de brigadista da refinaria. De longe era possível enxergar as chamas.

Os trabalhadores engajados na brigada de incêndio combateram com bravura e resguardaram a segurança dos demais trabalhadores.

De acordo com a Petrobrás, o acidente começou possivelmente devido a vazamento óleo diesel perto da Casa de Força, local onde ocorreu o incêndio. Não há informações sobre feridos.

Segundo os trabalhadores, os alarmes não tocaram. Cada unidade tocou a sua evacuação de forma desordenada. Por volta das 16h, os trabalhadores ainda não tinham sido dispensados.

Falta de efetivo e insegurança

Uma das causas importantes de acidentes constantemente apontada pelo Sindipetro-LP é a falta de pessoal.

Por isso, diversas vezes, a FNP e os seus sindicatos denunciaram, em reuniões com o RH, uma longa e contínua degradação das condições de segurança nas refinarias da Petrobrás.

“Não há reposição de efetivo. Nós estamos com um quadro muito abaixo de operadores. Os mais experientes estão aposentando e não houve concurso público. Já os poucos trabalhadores que chegam, não têm o treinamento adequado”, afirma Fábio Mello, coordenado do Sindipetro-LP.

Essas precárias condições de segurança nas refinarias causam muita preocupação à FNP e a seus sindicatos. Mas há uma obsessão da alta direção por diminuir custos, em detrimento de qualquer outra consideração. Por exemplo, os executivos se empenham ao máximo em economizar e desprezassem todas as outras condições que não aportem um lucro imediato, como a manutenção e a segurança. Dentro desse quadro, ficou caracterizado que a redução de efetivos operacionais contribuiu para o acidente.

O Sindipetro-LP vai apurar as causas desse incêndio. “Nós queremos acidente zero”, afirma Mello.

No vídeo, Fabio Mello, fala sobre as primeiras apurações e possíveis responsáveis: 

A FNP e seus sindicatos vão continuar lutando pela manutenção de direitos, quadro mínimo e contra o rebaixamento de salário.
 

Tags acidente rpbc

Contato

Av. Passos, 34 - Centro
Rio de Janeiro/RJ
CEP 20051-040 Telefone: 21 2263-5147
fednacpetroleiros@gmail.com

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos