Litoral Paulista inicia quinta (8) com corte de rendição e atrasos

Iniciada ainda de madrugada, as mobilizações nas bases do Litoral Paulista nesta quinta-feira (8) se somam a uma série de paralisações e atos realizados pelos cinco sindipetros da FNP.

Em nossa região, a primeira unidade a ser afetada neste dia 8 foi o Tebar, em São Sebastião. O turno da meia-noite atrasou a entrada em uma hora, movimento repetido na sequência pelo turno das 8 horas.

No Terminal Alemoa, onde a categoria tem discutido diariamente os rumos da mobilização, houve corte de rendição no turno das 8 horas. Na RPBC e UTE Euzébio Rocha, houve corte de rendição no turno da manhã (7 horas) acompanhado de atraso de uma hora no regime administrativo. A participação do ADM foi significativa, demonstrando que a indignação da categoria com a proposta de ACT e a venda de ativos atinge todos os petroleiros ? dos mais novos aos mais antigos, da operação e do ADM.

Infelizmente, novamente o GG da refinaria tenta passar por cima do acordo firmado com os trabalhadores. Minutos após o corte de rendição, a gerência ordenou ao grupo 4 ? que está em dobra na unidade ? o retorno às 2h30. Mais uma vez, o Sindicato irá garantir que nenhum trabalhador se dirija ao ponto de ônibus.

Nas plataformas localizadas na Bacia de Santos o movimento segue sendo realizado todos os dias com atraso na emissão e requisição de PT. Em Merluza, o atraso é feito das 6 às 9 horas e em Mexilhão das 7 às 9 horas. nas plataformas de Merluza (6 às 9h) e Mexilhão (7 às 9h).

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp