Petroleiros de Sergipe/Alagoas aprovam assinatura do ACT e mantém estado de greve

Nesta segunda, 14/12, a base de petroleiros próprios do Sindipetro AL/SE encerrou as assembleias e decidiram pela assinatura da proposta de Acordo Coletivo de Trabalho da Petrobrás, mesmo mantendo a rejeição da mesma.

Os trabalhadores também aprovram em assembleia outros dois indicativos: a manutenção do Estado de Greve e a contribuição assistencial de 2% para os filiados e de 3% para os não filiados.

A manutenção do Estado de Greve será importante para que a categoria continue alerta durante as negociações dos dias parados, em janeiro, e responda rapidamente a qualquer tentativa de punição dos grevistas pela Petrobrás.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp