Precarização do trabalho em terceirizada da Petrobrás

Nova Rio tirou 30% de periculosidade de seus trabalhadores. Sindipetro-RJ participa de manifestação em apoio aos terceirizados

Na manhã desta terça-feira (27), petroleiros e diretos do Sindipetro-RJ estiveram presentes em mobilização em apoio a luta dos terceirizados da Nova Rio, no Centro de Pesquisas da Petrobrás (CENPES), Ilha do Fundão.

O motivo foi o anúncio, na última segunda (26), da retirada dos 30% de periculosidade dos trabalhadores e trabalhadoras na unidade, a dois meses do término do contrato.

Infelizmente, esse não é um caso isolado. Segundo informações divulgadas pelo Sindipetro-RJ essa prática tem sido recorrente na empresa. Novos contratos estão tendo rebaixamento de salário,  perda da periculosidade, exclusão do transporte, além de outras retiradas de direito.

O Sindipetro-RJ repudia a precarização do trabalho dos terceirizados e apoia a luta dos trabalhadores, dos direitos trabalhistas e a luta em defesa da Petrobrás.

Ajude-nos a mudar esse cenário

A Nova Rio desenvolveu vários canais de comunicação para receber suas sugestões, dúvidas ou reclamações. Escolha, abaixo, o melhor canal e deixe aquele recado: http://www.novario.com.br/contato/
(copie sindipetro-rj@sindipetro.org.br)

Fonte: Sindipetro-RJ

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp