Fórum Unitário debate a proposta alternativa ou PED

Nesta segunda-feira (12), o Fórum em Devesa dos Participantes da Petros, composto por composto por AMBEP, AEXAP, AEPET, FENASPE, FNP, GDPAPE, SINDMAR e FUP, esteve reunido para continuar a discussão sobre a proposta alternativa ao PED do PPSP.

A proposta alternativa ao PED visa mitigar danos e o impacto sobre os participantes, preservar a estrutura do Plano de Benefício Definido (PPSP), perda de direitos, cobrar responsabilidades e promover a sustentabilidade.

Nesse sentido, a reunião começou com a fala dos representantes do Sindiquímica Caxias, que foi convidado pelas entidades que compõem o Fórum a permanecer nas reuniões. Em seguida, advogados presentes deram informes sobre os processos.

Luiz Fernando, advogado do Sindipetro-RJ, informou sobre a decisão judicial que determinou a suspensão do equacionamento no Rio de Janeiro. Segundo ele, os efeitos da decisão estão valendo desde o dia 8 de novembro, data de quando foi feita a notificação.

O advogado também informou que em caso de descumprimento da decisão judicial pela Petros, caberá ao Sinpetro-RJ informar ao juiz do fato para que o mesmo tome as devidas ´providências para fazer cumprir a decisão e responsabilizar os culpados.

Ainda na reunião foi apresentada pela FUP uma pesquisa realizada pelo DIEESE sobre o cenário econômico do Brasil e o internacional.

A reunião do Fórum em Defesa da Petros teve continuidade com discussões sobre como será implementado a alternativa, dentro das tratativas que estão a Petros, a Previc e o presidente da Petros.

No final da tarde, diretores da FNP e integrantes do Fórum participaram, no final da tarde, de um debate sobre o equacionamento e a construção de uma unidade ao PED.

Foi marcado uma nova reunião nessa quarta-feira (14), às 14 horas, para continuar as discussões. É importante que os participantes fiquem atentos a todas as informações, devido as incertezas previstas no próximo governo.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp