Incêndio atinge torre da Rnest; refinaria foi paralisada

Na manhã desta terça-feira (4) fomos surpreendidos com a notícia de um novo incêndio em uma das refinarias da Petrobrás: desta vez atingiu uma torre da unidade de Coqueamento Retardado da Rnest (Refinaria Abreu e Lima), em Pernambuco. Por conta do acidente a refinaria foi paralisada.

O acidente acontece pouco mais de três meses após um outro incêndio de grandes proporções que ocorreu em agosto, na Replan, em Paulínia (SP).

A proximidade entre os dois acidentes acende a luz vermelha e evidencia os riscos que os petroleiros e petroleiras correm, diariamente, no exercício de seu trabalho. Riscos que são devidamente aumentados por conta da negligência da empresa com a falta de manutenção, demissões e precarização, reduzindo a níveis mínimos as condições de segurança operacional.

Por muita sorte, os dois acidentes não tiveram vítimas. Mas já passou da hora de a Petrobrás deixar de contar com a sorte e passar a tomar atitudes para evitar novos acidentes e tragédias.

É preciso que as causas do acidente sejam apuradas e todas as medidas de segurança dos trabalhadores sejam tomadas, imediatamente! Antes que uma outra refinaria seja palco de mais um acidente. 

Por mais saúde e segurança no trabalho, já!

Fonte: Sindipetro-SJC

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp