Sindipetro-RJ revela golpe do emprego no CENPES e do curso das NRs

Segundo relato de uma pessoa lesada pelo golpe , um homem se dizendo engenheiro chefe da Modec enviou mensagens pelo Whatsapp pedindo informações, documentos e certificados, oferecendo uma vaga no CENPES na área de engenharia com um contrato de R$ 13.200,00,  adicional de 30%, plano médico, plano odontológico, com vale refeição e alimentação.

O golpe surge quando o dito representante da Modec, que se identificou como Rodrigo Rutz, entra em contato com a potencial vítima, que geralmente disponibiliza seus contatos no perfil de Linkedin, mídia social voltada para o mundo corporativo e empregos. Após oferecer a falsa vaga, o autor do golpe pede para conferir as certificações do candidato, informando depois que é necessário que a vítima deva fazer dois cursos (NR 33 e NR 35)e  que os mesmos poderiam ser feitos na empresa Shelter, cujo dono ele diz conhecer, Depois da análise do material enviado, Rutz indica o contato de uma pessoa, o “Engenheiro Lucas” da Shelter, o qual faz a cobrança do certificado antecnomeo, ao custo de R$ 401, 50, pago através de depósito bancário à JETPAG Cobranças LTDA, empresa sediada em Curitiba (PR).

O endereço indicado para a entrevista de emprego é na Avenida Presidente Vargas 500, sala 208. O detalhe é que este endereço não existe.

O que dizem as empresas

A Shelter em seu site informa através de nota que está sendo vítima deste golpe: “Fomos informados que diversos indivíduos estão vendendo cursos e certificados da Shelter falsos. Esses indivíduos se passam por representantes da Shelter e oferecem certificados antes mesmo da realização do curso” – denuncia.

Procurada pela reportagem, a Shelter, através de seu gerente de marketing, Pedro Matriciano, informa que a empresa já recebeu diversas denúncias sobre este golpe e que já está tomando as medidas cabíveis para encontrar os suspeitos e leva-los à justiça. Matriciano informa ainda que todos os cursos da Shelter são presenciais e que o aluno nunca recebe um certificado à distância.

“Pessoas mal-intencionadas estão aplicando golpes oferecendo vagas falsas em nome da Modec. Este tipo de fraude é utilizado para obter dados pessoais da vítima e pode gerar prejuízos financeiros. Segundo relatos, uma pessoa identificando-se como engenheiro da Modec enviou mensagens pelo Whatsapp solicitando informações, documentos e certificações. Nosso recrutamento é conduzido exclusivamente pelo departamento de RH e os e-mails de nossas equipes estão registrados no domínio @modec.com.” – diz o texto.

O RH do CENPES  foi alertado mas a Petrobrás ainda não se pronunciou.

Em tempos de crise e falta de emprego é bom ficar atento, não se expor muito em mídias sociais e desconfiar sempre,pois a conjuntura faz de quem precisa de trabalho uma vítima deste tipo de golpe.

Fonte: sindipetro-RJ

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp