Todos contra a pressão pela meia-dobra

O Sindipetro-SJC recebeu a denúncia que o Rossato, gerente da TEU, pegou pesado e chegou a ameaçar os trabalhadores que não aceitam a fazer a lista de antecipação de jornada (meia dobra).

Segundo as informações que chegaram, durante uma reunião ele teria tentado coagir os trabalhadores e até chegado ao cúmulo de ameaçar a não marcar férias e nem liberar trocas de turno que quem não aceitasse o esquema de entrar no trabalho antes do horário, quando necessário. Uma postura totalmente autoritária e de clara perseguição e assédio aos trabalhadores.

O Sindicato não vai aceitar essa situação e vai cobrar explicações do RH sobre a conduta das chefias. Além disso,  estamos estudando as medidas cabíveis contra o assédio moral coletivo desencadeado pelo gerente.

“É muito importante que as denúncias continuem chegando. Não fiquem calados e não aceitem esse tipo de coação. O Sindicato está atento e tomará as providências”, disse o presidente do Sindipetro-SJC, Rafael Prado.

Fonte: Sindipetro-SJC

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp